Resenha: Com Todo Amor do Mundo - Monaliza Nunes

Olá pessoas! Tudo bem?
 Mais uma semana começou e não via hora de compartilhar mais uma leitura com vocês.
 Espero que gostem.

Ficha Técnica
Titulo: Com Todo Amor do Mundo
Autora: Monaliza Nunes
Editora: Coerência
Gênero: Romance
Ano de Publicação: 2016
Páginas: 176
Onde Comprar: Amazon

Sinopse
  Todo mundo, uma hora ou outra, perde alguém muito importante. Um amigo, um parente, um amor. A questão é: Como lidar com isso? Como buscar uma saída para o abismo que se forma em nossos corações? É isso que Elizabeth luta para descobrir. Depois de perder o amor da sua vida, ela começa a escrever cartas para alguém que jamais responderá e tenta, aos poucos, reconstruir a vida, buscando para ela e seu filho um novo final


É sempre difícil perder as pessoas que amamos, principalmente quando tudo acontece por uma fatalidade. A dor que nasce é algo que, superar e seguir em frente se torna um grande desafio.
Tudo se passa em questão de minutos, no momento está ao seu lado e logo em seguida se vai.
Elizabeth está passando por isso. Após a morte de seu amor, Eliza dedicou um ano de sua vida em escrever cartas para o seu falecido marido mesmo sabendo que ele nunca as leria.
Cartas onde ela relata fatos de sua vida que aconteceram quando se conheceram, descrevendo assim tudo o que passava em sua mente naqueles momentos.



Além de contar coisas que aconteceram na vida do casal e com amigos, vi a grande necessidade de Elizabeth  descarregar seus sentimentos acerca de escolhas erradas, das decepções (ou de não decepcionar  as pessoas).
Ela passou a sua trajetória tentando fazer as coisas para agradar os demais, principalmente a família. E já adolescência escolheu seu curso na faculdade por achar que sua mãe ficaria feliz , sem se dar conta que dentro de si não era aquilo que queria.
E desde sempre isso assombra sua vida, causando frustrações futuras. Nesses momentos, pude sentir o que ela queria dizer, estava decepcionada consigo mesma por não ter feito diferente.
O que a deixa feliz, é que ela não passava tudo isso sozinha, tinha sempre alguém ali ao seu lado para apoiar. Seu amor e seus amigos que se tornavam como uma válvula de escape de seu aparente mundinho de faz de conta.
Em suas cartas Eliza aborda diversas definições acerca do mundo. Observando assim tudo o que acontecia ao seu redor, como: preconceito em sua generalidade e tudo aquilo que coloca o ser humano em classe de inferioridades.


O livro é bem curto (com 176 páginas) e tem diagramação maravilhosa! A capa é incrível e muito fofa. Confesso que comprei o livro por causa da capa e nem passava pela minha cabeça que a história seria contada através de cartas escritas pela personagem principal.
Mas isso não me decepcionou. Pelo contrario, fiquei eufórica e li o livro em "uma sentada".
Monaliza tem uma escrita tranquila, leve e fluida. Mesmo sendo uma escritora bastante  jovem (com apenas 15 anos de idade) ela sabe o que faz e nem por um momento senti que ela perdeu o foco do momento que a personagem está passando.
O formato do livro me fez sentir mais conectado com Eliza emocionalmente, pude sentir como eu se tivesse lendo as cartas de uma amiga e chorasse com ela a cada palavra ou entrasse no modo reflexão com cada lição que pude tirar de das cartas em geral.

Por um momento me fez lembrar dos diários que escrevia na adolescência, que com o tempo eu os resgatava do fundo de uma caixa e relia todos eles. Isso me trouxe uma sensação gostosa ao relembrar esses momentos.
 Esse é um livro que recomendo para quem gosta de conectar com personagem de forma todo especial e sem reservas.

E aí! Gostou do livro? Não esquece de deixar nos comentários sua opinião.
Isso ajuda muito o crescimento do Blog!
Beijo! :*



Nenhum comentário