http://www.elizianebarbosa.com/search/label/Resenha%20Liter%C3%A1ria

O Herdeiro - Meirilene Reis

Olá pessoas! Tudo bem?
Estou muito feliz por trazer minha primeira resenha em parceria com a autora Meirilene Reis com o livro O Herdeiro.
 
Ficha Técnica
Titulo: O Herdeiro
Autora: Meirilene Reis
Editora: Amazon
Gênero: Suspense Mistério Literatura Nacional
Formato: E-book kindle
Páginas: 187
Ano de Publicação: 2018
Onde Comprar: Amazon

Sinopse:
"Uma novidade está esquentando o clima na cidade, a exposição de uma obra de arte anônima avaliada em milhões. O convite é: Você visita a réplica da obra, identifica o tal anônimo como seu antepassado, e pronto, você se torna o herdeiro de uma fortuna.
Atrás desta obra, contudo, tem histórias muito mais intrigantes que esta, e com toda esta fortuna em jogo o que não faltará são interessados.
Um deles é Justiceiro. Ele é talvez a figura mais polêmica e misteriosa da trama. Com a identidade desconhecida, pratica roubos sempre no mesmo tipo de alvo: herdeiros que não fazem jus a própria herança.
Depois, ele torna público de alguma forma os objetos roubados, usando sempre o slogan: “Justiça com as próprias mãos”.
O objeto preferido de justiceiro é obra de arte..."


Na trama vamos conhecer o Justiceiro, o vilão, uma figura misteriosa que enquadra sua vida a roubar obras de arte de herdeiros que não dão muito valor a suas respectivas heranças. 
Mas agora o seu maior desejo e roubar a "misteriosa" obra de arte que está em  exposição, uma obra que ninguém sabe a origem mas que está valendo milhões.
O mais curioso é que se alguém for até a lá reconhece-la como sendo de família e colocar provas contundentes , automaticamente a pessoa passa a ser o herdeiro e recebe todo o dinheiro. Que loucura!
Mas essa obra carrega em seu passado uma "maldição", por trás dela temos, desilusão, inveja, mortes e até um amor.

Ao redor da temida descoberta em saber quem é o herdeiro da obra de arte em exposição, vamos conhecer o jovem arquiteto Zan Pinnele, ele trabalha na BC Arquitetura, um cara muito talentoso com uma veia artística muito forte, mora com sua mãe Francisca e sua irmã Martinha.
O jovem tem uma grande responsabilidade, desde pequeno, depois da morte de seu padrasto, passou a ser o homem da casa. 
Sempre sentiu que faltava algo em sua vida, principalmente em relação ao passado de sua família. Zan perdeu seu pai biológico quando era bem pequeno e não o conheceu, mas depois de adulto recebeu uma casa de herança de seu avô, por parte de seu pai.


Zan está de casamento marcado com Lídia,  uma moça que esconde muitos segredos, segredos dos quais a envolve inteiramente de forma vingativa na vida de Zan por causa de suas origens, mas que ninguém se deu o trabalho de descobrir, pois a família do noivo a adora. Mas por outro lado, o rapaz não a ama o suficiente para um passo tão importante em sua vida. Mesmo assim, isso não impede de ambos terem uma ralação por conveniência.
Mas a vida Zan muda quando conhece Valentina, uma moça cheia de vida, extrovertida, com jeito de menina mulher, mas que tem um passado cheio de lutas e superação. A garota teve um câncer quando criança, mas que ainda à indícios do retorno da doença.
 Ambos se conhecem de um jeito todo clichê; uma festinha, a garota fica bêbada pela primeira vez, confunde o Zan com outro cara.
Todo esse encontro, desperta em Zan um sentimento, que até então, não é identificado como amor, mas o deixa com o coração cheio de vida.

Durante a trama, Zen tem o passado de sua família em suas mãos e todos os segredos revelados, colocando a obra de arte misteriosa em sua árvore genealógica e  o Justiceiro em seu encalço, mas as coisas são mais profundas do que imaginamos, trazendo um encontro revelador com o vilão.
O Herdeiro é um livro cheio de mistério, suspense  atrelados a um passado de amor adolescente separado pela inveja, atitudes  e assuntos inacabados sendo refletidos no presente de forma devastadora.

...

Eu simplesmente fiquei fascinada pela história, mas tive um pouco de dificuldade no inicio da leitura, não consegui me conectar, creio que minha mente ainda estava envolvida com a leitura anterior, só no quarto capítulo que comecei a me voltar de verdade no livro e depois disso não consegui parar mais.
Amei a conexão dos personagens e as assuntos se conectando, me deixando louca para saber o próximo passo da trama.
Narrativa em terceira pessoa, onde cada capitulo é voltado para o ponto de vista de  um personagem especifico.
Tem alguns momentos onde podemos ler/ver o que aconteceu no passado, para que o leitor possa entender e encaixar os acontecimentos atuais na trama. Tudo bem orquestrado e dividido, o que me deixou pirada, chocada, sem ação.
Toda esse história de faz refletir  como nosso passado pode afetar em nossa geração futura. Uma atitude, uma palavra, muda as pessoas a um nível de loucura e cobiça.

E aí! Gostou do livro? Espero que sim! Deixe nos comentários sua opinião, quero saber.
Clique AQUI para conhecer mais um pouco sobre a autora Meirilene Reis e suas demais obras.
  
Beijos! :*



Você pode gostar também

4 Comments

  1. Gostei da premissa, principalmente da ideologia do Justiceiro, fiquei curiosa para conhecer melhor o personagem.

    www.estante450.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Eu gostei muito, e o final é emocionante.
      Recomendo.

      Excluir
  2. Shooow, amor de antigamente é sempre um tema apaixonante. Adoreeei

    ResponderExcluir