http://www.elizianebarbosa.com/search/label/Resenha%20Liter%C3%A1ria

Sacrifício - William Saints


Olá pessoas! Tudo bem?
Ainda estou me recuperando das emoções causadas por minha leitura recente. Leitura do qual tive meu primeiro contato com William.
Para quem ainda não conhece, William Saints é um Mineiro de 25 anos, residente de Sete Lagoas, um jovem  talentoso e com um futuro maravilhoso.
 Depois de suspirar com David de Michelangelo no livro "Essência", decidi me aventurar em Vancouver - Canadá, e conhecer a história de Luíz e Maria, personagens do livro sobrenatural, "Sacrifício".

Ficha Técnica
Titulo: Sacrifício
Autor: William Saints
Editora: Isis
Gênero: Fantasia / Jovem adulto / Romance / Suspense e Mistério  /  Literatura Nacional
Ano de Publicação: 2013
Páginas: 160
Onde Comprar: Amazon 


Sinopse:   
"O destino é um velho deus cego, filho da noite, que vagando pelos caminhos do tempo, carrega em suas mãos uma arca fechada estendendo seus domínios sobre todo o universo. Ninguém tem o poder de contrariar o destino e ele está prestes a unir Luíz e Maria.
    Ele é um jovem belo, atraente, misterioso e determinado a guardar o segredo de sua existência. Solitário, prometeu nunca mais se apaixonar, seu coração está ferido, pois há muito tempo perdera o amor de sua vida.
    Ela é uma adolescente, que até se acha bonita, mas quando está perto de outras garotas acredita que é feia demais. Mexicana, apaixonada por livros, acaba de se mudar para o Canadá e está aprendendo a lidar com as complicações naturais da adolescência. Ambos inevitavelmente estão destinados a se encontrarem e se apaixonarem, mesmo que para isso tenham que suportar grandes sacrifícios para viverem intensamente esse grande e proibido amor."



Logo de início conhecemos Luíz Giovanni ,  um jovem francês de cabelos dourados, olhos profundos e azuis, alto e forte, que foi transformado em vampiro aos 18 anos por Sandro, ambos são parceiros à 400 anos. Hoje eles vivem em Vancouver - Canadá, pois decidiram deixar seu clã e seguir seus próprios caminhos, longe das batalhas  de vampiros maiores, que lutam em busca de poder, como os Imperiais.
Luíz vive sua eternidade sem qualquer expectativa de felicidade, pois  seu coração sofreu uma grande perda, o amor de sua vida morreu por causa de seu segredo, sua existência.

"A eternidade é uma dádiva, nunca morrer...Permanecer sempre jovem e nunca conhecer a velhice. Mas com ela vem à solidão, o vazio que cresce a cada dia."

Maria Mercedes , uma mexicana de 17 anos que saiu da cidade de Acapulco com sua mãe - que está gravida - e seu padrasto para morar em Vancouver. A jovem é tímida, meiga, sonhadora, ama livros.
Mesmo triste por deixar seu pai e amigos, logo em seu primeiro dia de aula no ensino médio em Vancouver High School, conhece Mary, uma adolescente muito extrovertida e maluquinha, adorei essa menina. Coincidências à parte - pois ambas tem o mesmo nome, mas com pronúncias diferentes - as duas se tornam grandes amigas, mas claro que nem tudo são flores, e Maria ganha de cara uma inimiga, Rose Miler.
 E um brinde para equilibrar as coisas, um boy caidinho por ela, o misterioso e lindo Henry Franchini.


Luíz passa a estudar no mesmo colégio que Maria, pelo simples fato que, na região em que vivem, está  acontecendo uma série de mortes por "causas desconhecidas". Com isso, Sandro e Luíz, monitoram o lugar para descobrir se um recém criado estar por traz de tudo isso, e poder  extermina-lo, para que o segredo não seja descoberto, e atrair a atenção dos Imperiais - Vampiros anciões que protegem a Lei do Silêncio e mantêm o controle.

Mas em meio a toda essa confusão, Maria e Luíz acabam se conhecendo,ela se vê atraída por Luíz, mas é Henry que está sempre ao seu redor com suas cantadas e intenções obscuras.
Luíz logo senti que Maria está correndo perigo e  passa protege-la. Mesmo com as dores do passado o jovem vampiro acaba se apaixonado por Maria, do qual o sentimento é reciproco.

...


"Sacrifício" é o primeiro livro do autor em sua trajetória, e depois de ter lido o seu segundo trabalho, é nítido a evolução da escrita, isso é maravilhoso. 
O que me atrai muito no trabalho do William, é a ousadia de acrescentar algo que não estamos acostumados de ver/ler. Em que livro pude ler a história de uma mexicana se apaixonar por um vampiro francês? NEVER.
A  descrição detalhada do lugar onde se passa o enredo. Ruas, pontos turísticos, clima e muitos outros, mostra a dedicação de pesquisa do autor , e isso ajuda o leitor a ficar mais presente na história, um lugar físico e recriado na memória.
 O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista dos dois personagens, Luíz e Maria, intercalados por capítulos e possui uma leitura tranquila e rápida.
Luíz tem uma  narrativa mais polida, digna de quem nasceu no século XVII, fiquei apaixonada. Sem contar no ar poético do jovem que encanta as leitoras (eu, rsrs).

Percebi que a  história ficou um tanto corrida, principalmente na relação de Luíz e Maria. Senti falta daqueles momentos que um casal tem para se conhecer melhor, pois quando percebi, o casal já estava declarando amor eterno. Mas, como esse história, provavelmente, terá uma segunda parte (não sei quando), podemos esperar algo mais.
 Os personagens secundários tem seu espaço bem determinado na história. Suas personalidades e são bem visíveis, difícil não ama-los.
Mary, a melhor amiga de Maria. Henry, o boy misterioso. Sandro, o amigo e criador de Luíz.  Rose Miler, asquerosa, nojenta e metida.

 Um livro gostoso de ler, divertido, apaixonante e com um leve suspense no ar. Suas 160 páginas é uma ótima opção para quem quer sair de uma ressaca literária.

Espero que gostem! Beijos. :*



Você pode gostar também

0 Comments