http://www.elizianebarbosa.com/search/label/Resenha%20Liter%C3%A1ria

Benjamin - Família Valentini (Livro 01) - Mari Sales

Olá pessoas! Tudo bem?
Estou em uma vibe de conhecer autores nacionais. Aqueles que ainda não foram descobertos pela maioria dos leitores.
Fazendo minha garimpagem pela amazon e vendo alguns vídeos no YouTube, acabei por conhecer Mari Sales com seu livro "Benjamin".
Benjamin é o primeiro livro da série "Família Valentini".

Ficha Técnica
Titulo:  Benjamin  - Família Valentini (Livro 01)
Autora: Mari Sales
Editor: Independente
Gênero:
Romance / Suspense / Mistério
/ Literatura Nacional
Páginas: 128
Formato: E-book
Ano de Publicação: 2018
Onde Comprar: Amazon

Sinopse:
"Marcados por uma tragédia em sua infância, os irmãos Valentini estão afastados há muito tempo uns dos outros. Benjamin, o irmão mais velho, precisou sofrer uma desilusão para saber que a família era o pilar de tudo e que precisava unir todos novamente.
Embora a tarefa parecesse difícil, ele encontra uma aliada para essa missão, a jovem Rayanne, uma mulher insegura, desempregada e apaixonada por livros, que foi contratada para organizar a biblioteca da mansão e encontrar os diários secretos da matriarca da família.
Em meio a tantos mistérios e segredos, o amor familiar parece se renovar tanto quanto o amor entre um homem e uma mulher de mundos tão distintos."


No livro vamos conhecer  Rayanne, uma jovem de 25 anos, mora com a avó, formada em jornalismo, mas está desempregada e vive em uma busca constante pela oportunidade dos sonhos. Ela é uma leitora de carteirinha e vive ligada nos lançamentos literários(eu da vida). Mas nessa vida de desempregada fica difícil ter tudo na vida ou na estante.
Com isso, para conseguir uma graninha extra, ela acaba de ser contratada por indicação de sua avó para limpar e organizar a Biblioteca da mansão da Família Valentini. Uma família bem sucedida e conhecida na região principalmente por uma grande tragédia que aconteceu entre eles.

Então, como diz o ditado, "Juntando a fome com a vontade de comer", Ray aceita o trabalho e sem demora inicia sua saga da limpeza. Mas durante sua arrumação a garota acaba descobrindo algumas fotos de família que estavam sendo procurados à muito tempo, mas que se encontravam escondidos entre os livros, e como Ray tem espírito curioso(como não ser!),  começa a bisbilhotar e acaba sendo pega em flagrante pelo filho mais velho do casal Valentini, Benjamin.

Como foi dito, Benjamin é o filho mais velho, um homem bem sucedido, lindo de morrer e com o coração fechado para o amor depois de desilusão amorosa.
Com o sofrimento da perda, a falta de amor e proximidade com seus outros irmãos, Carlos Eduardo e Arthur Valentini. Acabou que cada um tomou seu rumo e a casa ficou aos cuidados dos empregados.
Logo então, Benjamin retorna para tentar reunir de novo a família e começar uma nova fase em sua vida, mas sem saber por onde e como começar.
Mas, como é de esperar, o amor sempre está ali no cantinho, esperando para dar o seu toque especial, Ray e Ben se conhecem de uma forma nada convencional, o que achei extremamente engraçado e fofo.


De inicio a relação dos dois me pareceu um pouco rápida, mas logo percebi que para Benjamin, é assim que as coisas fluí para ele. Um paquerador de classe que não perde tempo, o que deixou Ray meio sem ação, já que a moça não tem um histórico extenso de paqueras e que sua experiência nessa área e ZERO, a menos que leituras de romances e hot venham servir de alguma coisa.

"Uau, era isso que as personagens dos meus livros sentiam quando o mocinho jogava na parede e as chamavam de lagartixa? "
E o que  de inicio era atração, começou por nascer algo mais forte. Ray em alguns momentos se sentia insegura, não via em si um atrativo realmente vantajoso para que Ben se atrai-se por ela, já que o galã poderia ter todas a mulheres que deseja-se, e com isso, em alguns momentos ela tentava se esquivar de suas iniciativas.
Mas de qualquer forma, a moça não deixa que sua insegurança tome conta de suas decisões 100%, isso me deixou aliviada pois esse tipo de atitude é uma chatice, quando a mocinha fica com duvidas enquanto o boy tá caidinho por ela(pontos para Ray!).
Por outro lado, Benjamin vê em Rayanne um porto seguro, uma mulher diferente de todas que  já passou em sua vida, e mesmo que o boy tenha passado muitas dificuldades em sua vida, o que fez com que sua confiança nas pessoas fosse para o buraco, ele encontrou nela a luz no fim do túnel.

Em meio a um romance, temos uma história não resolvida, um mistério a ser descoberto e uma família a ser reunida novamente. Ray e Ben se unem para solucionar todas as situações e vivem um amorzinho que aquece o coração.

...

O livro possui um narrativa em primeira pessoa pelos olhos de Ray, uma leitura  muito gostosa, divertida e sem rodeios, tudo é descrito de forma que você possa visualizar cada momento e lugar de forma clara, mas sem prolongar na escrita, isso me ganhou por completo. 
Nesse primeiro livro da série "Família Valentini", é descrito para mim como uma porta de entrada para conhecermos a história e seus personagens, voltado mas para o romance  com uma pitada de momentos picantes.
Me apaixonei pela história e me divertir muito, principalmente nas conversas por mensagem de Ray com suas amigas, Letícia, Josi,  Alci, Thata, Paula. Juntas essas garotas são uma loucura.

Mesmo que o enredo tenha um clichê básico, gostei do foco do livro ser voltado à família, encontro após uma tragédia, isso aproxima o leitor ainda mais ao personagens.
No segundo livro vamos conhecer Carlos Eduardo Valentini, e já finalizei essa leitura também, e será a próxima resenha, então fiquem ligadinhos que neste livro a coisa vai pegar de verdade.

Beijos! :*





Você pode gostar também

2 Comments

  1. Ai que liiindo, tanto cuidado para resenhar e destrinchar a história. Isso mesmo, clichê com pegada na família, nas amigas e no amor, mesmo sendo instantâneo. Eu acredito em amor a primeira vista. Beijos e obrigadaaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda! Muito obrigada. Trabalho maravilhoso.
      Parabéns!!

      Excluir