http://www.elizianebarbosa.com/search/label/Resenha%20Liter%C3%A1ria

O Livro das Princesas

 Olá pessoas! Tudo bem?
 Não posso deixar de enfatizar meu amor pelo contos de fadas, e imaginar minhas princesas preferidas serem descritas de um forma tão atual e moderna me deixou extremamente empolgada.

Ficha Técnica
Título: O Livro das Princesas
Autoras: Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate, Patrícia Barboza
Editora: Galera Record
Gênero: Contos / Fantasia / Ficção / Infanto-juvenil
Páginas:288
Ano de Publicação:2013
Onde Comprar: Amazon / Saraiva

Sinopse:
 “Da mesa da Princesa Mia Thermopolis: Olá, amigos, fãs e companheiros admiradores de princesas (ou eu deveria dizer simpatizantes de princesas?)! Eu mal pude acreditar quando alguém do Brasil permitiu que EU desse uma olhadinha neste livro. Mas acho que faz sentido, já que, além de ser uma princesa, também tenho verdadeira paixão por histórias românticas! Acreditem no que eu digo, este livro tem essas duas coisas de sobra! Mas são releituras contemporâneas, com reviravoltas que farão você dizer owwwwnnnnnn… Uma Cinderela DJ? Rapunzel popstar? Bela é uma supermodelo? E unicórnios em A Bela Adormecida?! Sim, por favor! Mais, mais. POR FAVOR. Não se preocupem, tem mais. Muito mais. Eu amei, e vocês também vão! (Sim, você também vai amar, Tina Hakim Baba. Pode pegar meu exemplar emprestado quando eu terminar de ler. Não, melhor: compre o seu. Assim você vai poder ler de novo e de novo, como eu pretendo fazer.)

Sinceramente, Sua Alteza Real, Princesa Mia Thermopolis."

 Criado pela parceria maravilhosa de quatro autoras super talentosas, como: Meg Cabot, Lauren Kate e as brasileiras Paula Pimenta, Patrícia Barboza, esse livro possui quatro contos que  - em parte, me encantaram bastante, principalmente o de Paula.
 Quando o li, ainda não tinha tido a experiência  de ler outras obras de Paula Pimenta ou Patrícia Barboza, então foi uma bom ponto de partida para eu poder conhecer e logo de cara me apaixonar por essas queridas.

Cada conto possui de 5 até 13 capítulos, com narrativa em primeira pessoa aos olhos dos personagens principais de cada conto - exceto o de Lauren Kate, que é narrado em terceira pessoa.

 Começando com Meg Cabot  com "A Modelo e o Monstro" trazendo uma versão de "A Bela e a Fera", conhecemos Belle, uma modelo que está em uma viagem em um cruzeiro com a família e é salva de um taque por um cara misterioso. 
 Pude perceber que Meg não soube explorar tudo que a história da "A Bela e a Fera" tem a oferecer, um conto com oito capítulos é uma quantidade razoável para poder proporcionar um bom enredo,  o que parece que a autora pecou um pouco, onde proporcionou uma leitura muito corrida, perdendo um pouco o efeito encantamento que a história oferece, mas mesmo assim é uma adaptação muito boa.



O próximo conto é com a diva Paula Pimenta com "A Princesa Pop" , uma adaptação moderna de Cinderela com treze capítulos muito bem trabalhados e envolvente, de um jeito que não deseja que acabe nunca.
Nessa história vamos acompanhar vida de Cintia, uma DJ cheia de sonhos que deseja ir rumo ao sucesso, um príncipe mega fofo,  uma madrasta má de verdade, meias irmãs e um sapatinho de "cristal" nada convencional, mas vamos preservar um pouco a história para não tirar  a surpresa né! 




O terceiro conto é de Lauren Kate com "Eclipse do Unicórnio", traz  "Bela Adormecida" em sua história. Com uma narrativa em terceira pessoa com ar poético em alguns momentos - o que não me agradou. Mesmo tendo Paris como pano de fundo, notei que  Lauren fugiu do quesito realidade pois até unicórnio apareceu, tirando um pouco do que eu estava procurando, uma princesa com um toque moderno e que se enquadre em nosso tempo. Uma palavra para esse conto? TEDIOSO. 




O  ultimo conto e não menos importante, "Do Alto da Torre" de Patrícia Barboza. Quem pensou em Rapunzel, acertou em cheio, Patrícia colocou todas o seu talento nessa nova roupagem de Rapunzel. Sua personagem principal se  chama Camila, uma menina órfã que mora com sua tia Laura , que por uma promessa  feita por Laura pelo simples fato que Camila vivia doente quando criança, a menina não pode cortar seu cabelo até completar 15 anos.

Presa no décimo sexto andar de um edifício sem poder sair com ninguém, Camila mostra todo seu talento na internet cantando em seu canal no YouTube com a ajuda de seu inseparável amigo Pedro, claro que a garota usa um nome fictício para deixar as coisas mais empolgante.  
Com isso, chega ou sucesso e com um final bem orquestrado que trás a perda de suas madeixas.
Como ainda não tinha lido nada de Patrícia, estava esperando o meu efeito surpresa, algo que sempre busco de autores "desconhecidos" e achei com louvor, com apenas cinco capítulos em minhas mãos, "Do Alto da Torre"  me trouxe uma leitura envolvente, divertida e muito apaixonante.



 "O Livro das Princesas" é voltado para o público infanto-juvenil, mas está para agradar a todas as idades, principalmente os amantes de contos de fadas - assim como eu!Adoro.
Não vamos deixar de mencionar essa capa maravilhosa, digna de virar papel de parede para meu celular(rsrs). Mesmo com alguns  contratempos, posso dizer que adorei ver como as princesas foram colocadas em nosso tempo, acho sempre um bom tema e com certeza estou constantemente em busca de livros assim. 
Por isso que "O Livros dos Vilões" está em minha lista para uma próxima resenha.

Boa leitura e até a próxima! 
Beijos. :*

                                 
                                                        

Você pode gostar também

1 Comments

  1. Gosto muito das histórias tradicionais das princesas, no entanto essas novas roupagens não me atraem, então provavelmente não lerei esse livro.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir