http://www.elizianebarbosa.com/search/label/Resenha%20Liter%C3%A1ria

Como se Fosse Magia - Bianca Briones



 Olá pessoas! Tudo bem?
O livro Como se Fosse Magia foi o primeiro Chick lit da escritora Bianca Briones, que começou sua carreira colocando todo seu talento no New Adult em Entre o Amor e a Amizade, seu primeiro livro independente.

Ficha Técnica
Título: Como Se Fosse Magia
Autora: Bianca Briones
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance
Páginas: 208
Ano de Publicação: 2016
Onde Comprar: Amazon / Saraiva

Sinopse:
Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer.
Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas.
O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é.
Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela.
O que isso quer dizer?
Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.


Como se Fosse Magia nos faz conhecer a história de Eva, uma escritora super renomada e muito talentosa, com 5 anos de carreira e 10 livros publicados, mas que está com um bloqueio criativo, e já à um ano que não consegue escrever. 
Com sua série de livros  " Universos Paralelos", que já um grande sucesso, ele precisa urgentemente terminar seu ultimo livro para fechar essa fase com louvor, mas tendo somente o prazo de 15 dias para entregar, fica sem saber o que fazer para que esse bloqueio se acabe. 

Eva tenta de várias maneiras que sua criatividade volte, lendo seus livros passados, ela busca algo que perdeu e começa relembrar de Enzo, um de seus personagem que para ela, é o cara perfeito.

Em uma noite chuvosa, onde Eva foi pega de surpresa na rua, ela pensou que tudo estava dando errado, se depara com uma cena que mudará toda a sua vida.
Um homem é saltado e acaba por sofrer um acidente, batendo sua cabeça e ficando assim inconsciente, Eva vai ao seu encontro para  ajuda-lo e quando se da conta, o rapaz é a cara de seu personagem Enzo, o seu boy magia literário. 
Como pode ser possível? Um cara igual ao seu personagem? Será que era um sinal dos deuses?


Mesmo assustada, Eva liga para a emergência, o cara que passou a ser chamado de Enzo por ela foi diagnosticado com amnésia, o que complicou mais a vida de Eva.
"Enzo" não lembrava de nada, seu nome, sua família ou sua vida, Eva ficou extremamente surpresa, e preocupada com o bem estar do rapaz o visitava com frequência no hospital.

Com o tempo o rapaz, mesmo sem lembrar de sua vida, começa sentir uma grande conexão com Eva e consequentemente  a duvidar de sua real existência mesmo que de inicio pareça loucura. 

Posso dizer que Eva não é uma escritora como muitos, ela tem um dom maravilhoso e que em relação com a história, algo sobrenatural, que faz com que seus personagens se comuniquem com ela de forma muito intima e impactante, cara a cara, posso ver que Bianca - mesmo na entrelinhas - mostra nitidamente sua personalidade aos olhos de sua protagonista, como ele mesma conta em seu agradecimento no final do livro.
"Você é uma escritora. Não uma comum, daquelas que vemos aos montes por aí. Você é capaz de ver além do que vemos. Você vai além das palavras. Você tem um dom. É como se fosse magia. E nem todo mundo está preparado para ser preenchido com uma boa dose de magia."
Eva é um mulher de 30 anos, muito engraçada, amorosa e apaixonada por Harry Potter, e com um dom maravilhoso que em certo momento de sua vida lhe trouxe muitos problemas por não saber administra-los. Em sua infância  e até em sua vida adulta era considerada louca por aqueles a conheciam intimamente, mas em sua vida a única pessoa que a entendeu de verdade foi seu amigo - agente ,o "amor de sua vida" Thiago, que também sofre por não ser aceito por sua família, devido sua escolha sexual.

Sério gente! A relação de ambos é tão linda que fiquei atém com inveja, Thiago é um amigo incrível; amoroso, protetor e companheiro para todas as horas e cuida muito bem da carreira da Eva, é aquele tipo de pessoas que da vontade de guardar em um potinho.

 
"Sim, eu sou diferente. Converso em voz alta com meus personagens, caminho distraída pelas ruas vendo pessoas que não estão ali de verdade e vejo história onde as pessoas não veem nada, mas, sendo loucura ao não, é a isso que pertenço. É nessa dose insana de fantasia que me sinto em casa."
Enzo é simplesmente um príncipe, mesmo sem memória, ele é carinhoso, educado, mostra sem medidas sua gratidão as pessoas que o ajuda, sem contar que cara é muito talentoso.
Eu simplesmente me envolvi por inteiro nessa história e pude visualizar todas as cenas de dialogo entre Eva seus personagens, a forma como Bianca descreve cada situação me encantou muito.

Não posse esquecer do casal mais lindo do mundo! Lois e Clark, não estamos falando do Homem de Aço e sua amada, e sim dos casal de gatos de Eva que em contra partida são mais humanos do que eu e você juntos.
 "Clark pula da poltrona e começa a se esfregar nas minhas pernas. Me abaixo para pegá-lo e o
rodopio no ar. Ele fecha os olhos e o aninho em meu peito, caindo no sofá. Ele corre para
longe, visivelmente indignado com minha petulância. Lois me encara fixamente como se me
desafiasse a fazer o mesmo com ela. Não sou nem doida!"

Sua narrativa em primeira pessoa, aos olhos de Eva e Enzo é um encaixe perfeito, onde um completa o outro, isso me deixou muito empolgada.
Algo que me chamou a atenção e que gostei, foi as referências de músicas colocadas em cada capitulo, tanto nacionais e internacionais, que tinha tudo haver com o que vinha à frente.
É uma leitura clara e bastante rápida, que para mim é o ponto forte de um chick lit bem desenvolvido com um final arrebatador digno de um filme.
Suspirei, chorei e ri muito! Uma história envolvente que se transforma em euforia e borboletas no estômago, foi o que senti. 

O que eu aprendi? Aprendi o que é se envolver de corpo e alma naquilo que ama, mostrar e ser reconhecida pelo seu talento mas sem ser arrogante,  vi como é uma amizade verdadeira, que vai além de posição e escolhas.
Sem contar que não existe nada que possa impedir o amor verdadeiro.

Super recomendo e espero que gostem e se apaixonem assim como eu me apaixonei.
Boa leitura e até breve.
Beijos! :*


 

 


Você pode gostar também

0 Comments